Gestor de TI: o que faz na prática o profissional?

A tecnologia está cada vez mais presente na rotina da maioria dos profissionais que lidam em ambientes organizacionais.

E, nesse contexto, a Tecnologia da Informação ganha mais importância. Mas você sabe o que é a TI?

O conceito envolve os aspectos humanos, administrativos e organizacionais relacionados ao processamento de dados, aos sistemas de informação, à engenharia de software, à informática e ao conjunto de hardware e software.

Nas organizações, de forma geral, pode-se dizer que a área de TI se torna parte essencial no fluxograma das instituições, com destaque para o gestor de TI. Ele é o profissional que, por meio das perspectivas gerenciais, cria métodos e ferramentas para os processos de gestão das tecnologias da informação, visando administrar de forma segura as informações, bem como planejar e organizar o uso de cada uma de maneira inteligente. O objetivo das ações é garantir competitividade às organizações.

O dia a dia do gestor de TI

Dentro das instituições, o profissional da Gestão de TI realiza diversas tarefas em seu dia a dia, as principais delas são:

  • administrar a infraestrutura física e lógica dos locais informatizados;
  • definir regras de utilização de sistemas;
  • gerenciar os recursos humanos participantes das tecnologias da informação;
  • acompanhar e definir rotinas;
  • controlar os serviços de sistemas operacionais e de banco de dados;
  • estudar e buscar reduzir os impactos tanto sociais, quanto econômicos e ambientais das tecnologias da informação na organização.

Assim, para trabalhar na gestão estratégica da informação, das tecnologias e dos processos que suportam seu processamento nas organizações, o gestor de TI pode atuar em diversas funções, sempre de acordo com o tamanho e maturidade da empresa. O fórum virtual ItForum 365 preparou um especial sobre o profissional de Gestão de TI no qual descreve as principais possibilidades de atuação na área. Nas empresas mais novas, o gestor de TI comumente assume a função de prover sistemas e tecnologias para otimizar a gestão da organização, enquanto que dentro das companhias mais maduras o gerente de TI costuma ajudar a definir estratégias empresariais, ideias, inovações, e ainda colabora com a criação de novos formatos de negócios.

Dessa forma, o mercado para a área de TI evoluiu. Se antigamente o gestor de TI era conhecido como o “cara da informática” e era o profissional procurado pela equipe quando a internet caia ou a impressora parava de funcionar, hoje o gerente de TI explora e aperfeiçoa as tecnologias, fazendo a conexão entre a ferramenta e a estratégia de negócios. Então, mais do que conhecimento das tecnologias, o profissional precisa de uma formação que lhe permita ter visão de negócios e o planejamento de ações estratégicas.

Fonte: Mercado em Foco